Alexander Zemlianichenko/AP
Alexander Zemlianichenko/AP

Caminho do Brasil na Copa indica possível decisão com a Alemanha

Caso passem em primeiro lugar dos seus grupos, as duas seleções só se encontrariam na final do Mundial da Rússia

O Estado de S. Paulo

01 de dezembro de 2017 | 15h27

O sorteio da Copa do Mundo de 2018, realizado nesta sexta-feira, colocou Brasil e Alemanha em grupos "vizinhos" para a competição na Rússia, mas as duas seleções têm mais chances de se cruzar em uma possível final. Cabeça de chave do grupo E, a equipe do técnico Tite inicia a campanha na fase de grupos contra Suíça, Costa Rica e Sérvia, para só depois poder encontrar campeões mundiais.

+ Baixe a tabela da primeira fase da Copa do Mundo

+ Cristiano Ronaldo inicia caminho contra algoz

+ França e Peru podem pegar Argentina nas oitavas

Caso passe em primeiro lugar pelo grupo E, o Brasil vai enfrentar nas oitavas de final o segundo colocado do grupo da Alemanha, o F. Os mais prováveis adversários seriam Suécia e México, que já enfrentaram a seleção em várias ocasiões. A partir da etapa seguinte, as quartas de final, rivais com mais currículo devem começar a cruzar o caminho da busca pelo hexa.

O Brasil pode ter pela frente a velha conhecida Inglaterra nas quartas de final ou outras potências emergentes na Europa como Bélgica, ou ainda azarões como Senegal e Colômbia. Se continuar vivo, o Brasil terá na semifinal seleções ainda mais temidas. Podem aparecer nessa etapa França, Uruguai, Portugal ou Espanha como rivais por vaga na decisão.

Já na grande final, em 15 de julho, em Moscou, a disputa pela taça pode ter como último obstáculo a Argentina ou a atual campeã, Alemanha. A equipe europeia vai medir forças com o Brasil antes da Copa em um amistoso em março, em Berlim, naquele que será o primeiro encontro desde o histórico 7 a 1 na semifinal do Mundial.

Porém, há uma chance desse encontro entre Brasil e Alemanha ser antecipado. Caso a seleção termine em segundo no grupo, pode cruzar com os campeões mundiais já nas oitavas. Se isso acontecer e a equipe de Neymar conseguir passar adiante, tem chance de jogar nas quartas contra Polônia e na semifinal com Argentina, Portugal ou até Espanha.

Esse caminho do Brasil, se considerado como ponto de saída o segundo lugar do grupo, indica um cenário para uma decisão contra o França, que começa a competição no grupo C diante de Austrália, Peru e Dinamarca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.