Camisa 10 do Corinthians 'sobra' para o uruguaio Acosta

Por causa da responsabilidade, nenhum atleta do grupo queria receber o número para o Campeonato Paulista

Cosme Rímoli, Jornal da Tarde

10 de janeiro de 2008 | 18h57

Considerada a camisa de maior responsabilidade nos clubes, a número 10 tornou-se motivo de 'preocupação' no Corinthians. Ninguém no clube queria receber o uniforme para a disputa do Campeonato Paulista. Veja também: Corinthians começa venda de ingressos para o Paulistão Corinthians apresenta lateral Alessandro e volante Perdigão A camisa 10, no entanto, sobrou para o atacante uruguaio Acosta, após definição feita pelo departamento técnico nesta quinta-feira. Acosta disse que gostaria de ter ficado com a camisa número 25 (que ficou com o zagueiro Fábio Ferreira). O atacante disse que nunca teve sucesso quando atuou com a 10. Outro que fugiu da responsabilidade foi Lulinha, que ficou com a 19 - o garoto disse que seria "muita pressão" vestir a 10. A intenção da diretoria era contratar um meia talentoso (Pedrinho ou Lúcio Flávio) para vestir a 10, mas as negociações fracassaram. NUMERAÇÃO DO CORINTHIANS PARA O PAULISTÃO: 1- Felipe2- Eduardo3- Chicão4- William5- Alessandro6- Éverton7- Éverton Santos8- Perdigão9- Finazzi10- Acosta11- Marcel 12- Weverton13- Amaral14- Cristian Suárez15- Marcelo Oliveira16- Valença17- Herrera18- Lima19- Lulinha20- Carlos Alberto21- Bruno Octávio22- Júlio César23- Dinélson 25- Fábio Ferreira26- Rafinha27- André Santos28- Nilton29- Héverton30- Carlão31- Dentinho

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.