Camisa 11 será exclusiva de Romário

Após acertar na quinta-feira à noite a permanência do atacante Romário por mais seis meses, a diretoria vascaína decidiu homenageá-lo. A camisa de número 11, usada pelo artilheiro, foi extinta de todas as divisões de base do clube. A partir de agora, somente Romário usará a camisa 11. O objetivo foi o de homenageá-lo antes de sua aposentadoria. Assim que o artilheiro parar de atuar, a camisa 11 será definitivamente extinta. De novo contrato, ele estará em campo na estréia do Vasco no Torneiro Rio-São Paulo, contra a Ponte Preta, domingo, em São Januário. Romário se reuniu na noite de quinta-feira com o presidente do Vasco, Eurico Miranda, e acertou todos os detalhes do contrato, que deve ser assinado ainda nesta sexta-feira. O jogador exigia da diretoria vascaína receber pelo menos um terço do que o clube lhe deve, cerca de R$ 9 milhões.

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2002 | 12h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.