Pedro Souza/Atlético-MG
Pedro Souza/Atlético-MG

Camisa do Atlético-MG de Arana, com marcas de sangue, será leiloada para incentivar doação

Receita da ação de marketing do clube será destinada ao Hemominas. Jogador sofreu corte na cabeça em vitória do time mineiro sobre o Inter, dia 16 de junho

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2021 | 17h07

A camisa usada pelo lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Atlético-MGna vitória contra o Internacional no dia 16 de junho será objeto de leilão, e por uma boa causa. Com marcas de sangue devido a um ferimento sofrido pelo jogador na partida, a peça vai ser usada para incentivar as doações ao Hemominas, que registra baixos níveis de estoque de sangue. A receita líquida do lance vencedor será destinada à fundação. 

A ação faz parte da campanha “Junho Vermelho”, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de doar sangue. O leilão é uma parceria entre o clube mineiro e Play For a Cause, empresa que visa ações educacionais por meio do esporte.

"Quero convidar todos a participar do leilão e também a doar sangue. Ajude a salvar vidas", convocou Arana. "Sabemos da força da torcida do Galo e queremos convidá-los a participar do leilão e também a doar sangue", disse o CEO do Atlético-MG.

Guilherme Arana se chocou com Vinícius Mello, do Inter, no segundo tempo do triunfo do Atlético-MG sobre o Colorado, no Beira-Rio. O atleta precisou de atendimento no campo devido ao corte profundo na cabeça, que resultou em 12 pontos. O jogador se recuperou e ainda seguiu na partida. A camisa usada pelo atleta no jogo será a leiloada. Isso acontecerá por meio do site playforacause.com.br a partir desta terça-feira, dia 29, com encerramento no próximo dia 06 de julho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.