Divulgação/Portuguesa
Divulgação/Portuguesa

Camiseta 'Somos todos Lusa' busca apoio para renascimento da equipe

Venda será no Canindé para mostrar a paixão da torcida pelo clube

O Estado de S. Paulo

17 de julho de 2015 | 16h18

Longe das primeiras divisões do Estadual e também do Brasileirão, a Portuguesa sonha com dias melhores. E para sair do buraco na qual se afundou com rebaixamentos recentes, crise financeira e briga nos tapetões, a charmosa equipe do Canindé resolveu apostar no amor de seu torcedor. Na partida desta sábado, diante do Caxias, em casa, pela Série C, o clube venderá a camisa "Somos todos Lusa", dando sequência à campanha de marketing que serve para estreitar o relacionamento com a torcida.

A campanha é uma aposta de Luis Paulo Rosenberg, responsável pelo departamento de marketing do clube, e que usa sua experiência com aposta em torcedores bem-sucedida que teve no Corinthians para angariar fundos para a Lusa.

Rosenberg lançou a camiseta "Eu nunca vou te abandonar", no Corinthians, grande sucesso de vendas. Agora ele acredita que também terá uma bela resposta dos apaixonados e fiéis torcedores da Portuguesa. A camiseta é o lema escolhido pelo dirigente para resgatar os bons momentos da Lusa.

Contratado no fim de abril, Rosenberg acredita ser possível recolocar a Lusa nas elites do Paulista e do Brasileiro. Tudo, claro, com um empurrãozinho dos torcedores. Para isso lançou, ainda, o 'Eu torço junto', campanha de sócio-torcedor luso.

A Portuguesa soma 10 pontos e está na quinta colocação do Grupo B na Série C. Com apoio da torcida, confia em superar os gaúchos e entrar no G-4. "A gente vem de uma vitória (sobre o Guarani) e tenho certeza de que a torcida virá para nos apoiar. O jogo é num horário bastante quente (11 horas), mas estamos treinando neste horário e vamos entrar preparados para lutar até o fim pela vitória", diz o zagueiro Luan.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaSérie C

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.