Camoranesi corta o cabelo no campo para pagar promessa

Conhecido pelo seu estilo de jogo aguerrido, o argentino naturalizado italiano Mauro Camoranesi chamava mais atenção por causa dos longos cabelos. Mas o jogador deu adeus às madeixas neste domingo ao cortar o rabo-de-cavalo que ostentou ao longo de toda Copa do Mundo antes da cerimônia de premiação."Se ganhássemos a Copa, havia prometido cortar o cabelo. Agora posso deixar crescer de novo", disse o volante. "Estou muito feliz com o resultado desta noite (vitória por 5 a 3 sobre a França, nos pênaltis). Sofremos, mas mostramos que somos uma equipe, demos o máximos de nós em campo", completou.Recentemente o atleta da Juventus também falou da polêmica de se negar a cantar o hino italiano. "A Argentina é a minha verdadeira pátria. Não conheço o hino italiano, mas os meus filhos sabem cantar. Na Copa do Mundo, decidi jogar com a camisa italiana e não faz sentido me perguntarem se eu preferia estar com a camisa da Argentina".Camoranesi defende a "Azzurra" desde 2003. Nascido na cidade de Tandil, ele se tornou o quarto jogador argentino a se sagrar campeão mundial pela seleção da Itália. Os primeiros a conseguir o feito foram Luis Monte, Enrico Guaita e Raimondo Orsi, que participaram da campanha da conquista do Mundial de 1934, que foi organizado pelo país. Nas histórias das Copas, o país já contou com 17 "hermanos" naturalizados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.