Camoranesi pode ser novo desfalque da Itália em semifinal

O meia Mauro Camoranesi pode ser mais um desfalque para o técnico Marcelo Lippi escalar a seleção da Itália que enfrenta a Alemanha, nesta terça-feira, em Dortmund, pelas semifinais da Copa do Mundo. Com dores no joelho direito, provocadas por uma pancada sofrida no jogo contra a Ucrânia, sexta-feira, pelas quartas-de-final, ele deixou prematuramente o treino de domingo e deve ser avaliado ainda nesta segunda-feira. Ele era cotado para ser titular antes da Copa, perdeu a posição para Perrotta, mas saiu jogando nas duas partidas em que Lippi optou por escalar Totti avançado ao lado de apenas um atacante - contra a Ucrânia, o escolhido foi Toni, que marcou seus dois primeiros gols no Mundial. As dores já haviam provocado sua saída no segundo tempo para partida, para a entrada de Oddo. A Itália já não poderá contar com o zagueiro Nesta, que tem uma lesão muscular na coxa direita, e o volante De Rossi, que cumprirá o último de seus quatro jogos de suspensão por causa da cotovelada que deu no atacante McBride, no empate por 1 a 1 com os Estados Unidos, no segundo jogo da primeira fase. O goleiro reserva Peruzzi, com dores nas costas, também preocupa Lippi.

Agencia Estado,

03 Julho 2006 | 09h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.