Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Campanha de arrecadação de alimentos reúne mais de 200 clubes pelo Brasil

Ação faz parte do movimento Mães da Favela Futebol Clube e tem como objetivo ajudar famílias em vulnerabilidade social que se encontram em situação de insegurança alimentar

Caio Possati, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2021 | 09h38

Mais de 200 clubes no Brasil, de diferentes Estados e divisões, abriram as portas para receber doações de alimentos que serão entregues a famílias de todo País. A ação faz parte da campanha nacional “Mães da Favela Futebol Clube”, organizada pela Cufa (Central Única das Favelas), que tem o objetivo de ajudar milhares de brasileiros que se encontram em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar. O projeto também tem o apoio da Comunidade Door, Frente Nacional Antirracista e Agência África.

São Paulo, Corinthians, Santos, Palmeiras, Internacional, Grêmio, Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Bahia, Vitória, Ceará e Fortaleza são alguns dos clubes que aderiram à campanha.

Lideranças regionais da Cufa farão a coleta dos alimentos e a distribuição para as famílias cadastradas no programa Mães da Favela. A expectativa é de que a parceria consiga render até 12 mil toneladas de alimentos arrecadados.

Para Kalyne Lima, vice-presidente da Cufa Nacional, a parceria com os clubes é uma oportunidade para sensibilizar as pessoas e engajá-las na causa alimentar. “As pessoas sabem que estamos atravessando um momento difícil e têm se mostrado muito solidárias. Ao mesmo tempo, percebemos que esse sentimento do povo, aliado ao apoio dos representantes de uma paixão nacional, que é o futebol, engaja muita gente a doar. Dessa forma, esperamos conseguir apoiar ainda mais as Mães da Favela que precisam”, afirma Kalyne.

De acordo com a assessoria do Palmeiras, a ajuda vai além de apenas fornecer o espaço para armazenamento dos alimentos. A contribuição também está na infraestrutura que o clube pode fornecer e “o reforço que a campanha ganha com o Palmeiras apoiando em termos de divulgação e convocando sua torcida a participar”. O clube faz a arrecadação dos alimentos no estádio do Allianz Parque, pelo sistema drive-thru.

A Cufa também é responsável pela organização da Taça das Favelas, o maior torneio de campo entre favelas de todo o Brasil. A proposta da competição é dar visibilidade a jovens que buscam se tornar jogadores profissionais. Em 2017, Patrick de Paula disputou o torneio pela Casa Virada Futebol Arte, uma equipe de Santa Margarida, bairro da Zona Oeste do Rio de Janeiro. O seu desempenho na Taça das Favelas atraiu os olhares do Palmeiras, que o trouxe para São Paulo.

ONDE DOAR

No Estado de São Paulo, os interessados em contribuir com as doações podem se dirigir aos estádios dos quatro grandes clubes paulistas: Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo.

Na Neo Química Arena, a entrega dos alimentos pode ser feita neste sábado, das 8h às 18h, pelo lado leste, portão Staff, no estacionamento N. A entrada se dá via a Av. Miguel Ignácio Curi, 111.

O Palmeiras disponibilizou o portão C1 do Allianz Parque, localizado na Rua Padre Antônio Tomás, para receber as doações em um sistema de Drive Thru.

Na Vila Belmiro, casa do Santos, o local de doação é o Portão 10, no Salão de Mármore, localizado na Rua Princesa Isabel.

No estádio do São Paulo, Morumbi, as doações acontecem neste sábado entre 8h e 18h. Os alimentos devem ser entregues no portão 14, localizado na rua Erasmo Teixeira Assunção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.