Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Prass não quer pensar em Libertadores: 'Agora é praia e férias'

Goleiro diz que estava obcecado pelo título da Copa do Brasil

DANIEL BATISTA, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2015 | 18h01

O título da Copa do Brasil tirou um peso das costas do goleiro Fernando Prass. No Palmeiras desde 2013, jogou Série B e passou por muitas dificuldades até levantar a taça na última quarta-feira. Em 2016, a meta será a disputa da Libertadores, mas o goleiro não quer pensar nesse assunto agora.

"A cabeça está no Rio Grande do Sul, na praia e nas férias. Isso faz parte da preparação também. Temos de recarregar as baterias. Você não consegue voltar das férias pronto para um ano repleto de cobrança e pressão se não curtir e descansar. Depois vamos pensar na Libertadores. Mas só depois do dia 1º (de janeiro)", disse em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira, na Academia de Futebol.

A conquista teve um sabor especial para o goleiro. Experiente e acostumado a brigar por títulos, Prass reconhece que o feito da última quarta-feira foi um dos mais marcantes de sua carreira. "Disputei outras finais, fui campeão pelo Vasco, mas internamente me sentia muito mais obcecado, fissurado por esse título. Cheguei na Série B, joguei a Libertadores e em uma condição bem diferente do que vamos encontrar ano que vem. E ainda tive que brigar contra o rebaixamento ano passado."

Para 2016, o goleiro acredita que poucos novos jogadores devem chegar e que a ideia da diretoria é ir atrás apenas de reforços pontuais. "Sempre tem readequação. Para o ano que vem vai ser mínimo perto das 25 contratações desse ano. Acho que vai ser um salto natural de um grupo amadurecendo. Foi um grupo que sofreu muito por problemas, e teve a troca de treinador. É um salto natural de qualidade", analisou.

O elenco do Palmeiras se reapresentou na tarde desta sexta-feira na Academia de Futebol. A tendência é que o técnico Marcelo Oliveira escale apenas os jogadores reservas para encarar o Flamengo, domingo, no Maracanã, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.