Campeão, Bayern recebeu menos que a Juventus na Liga

Campeão, o Bayern de Munique teve direto a uma verba menor do que a Juventus, eliminada nas quartas de final pelo próprio time alemão, na última Liga dos Campeões. A distorção foi revelada nesta terça-feira pela Uefa, que apresentou os números oficiais de distribuição de receitas na edição mais recente do mais rico torneio interclubes do mundo.

AE, Agência Estado

23 de julho de 2013 | 17h41

No total, a Uefa distribuiu entre as 32 equipes que jogaram a fase de grupos 904,6 milhões de euros, o equivalente a R$ 2,63 bilhões. A Juventus liderou a lista dos clubes que tiveram direito a maior receita, com um total de 65,3 milhões de euros, contra 55,04 milhões dos campeões.

A distorção tem uma justificativa: a verba de televisão é dividida de acordo com a receita que a Uefa tem com a transmissão em cada país. E a Juventus foi beneficiada porque precisou dividir o dinheiro italiano só com o Milan, enquanto a verba paga pela televisão alemã (menor) foi repartida em três partes.

A maior parte da receita do Bayern, porém, veio mesmo por conta da sua performance, o que lhe valeu 35,9 milhões de euros. Os outros 19,14 milhões saíram da verba de televisão. Vice-campeão, o Borussia Dortmund ficou com 54,16 milhões no total, diferença pequena em relação ao time que lhe derrotou em Wembley.

Entre os times que mais lucraram estão Milan (51,4 milhões de euros), Real Madrid (48,4), Barcelona (45,5) e Paris Saint-Germain (44,7). Cada um dos 32 participantes recebeu uma cota mínima de 8,6 milhões de euros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.