Divulgação/LiverpoolFC
Divulgação/LiverpoolFC

Campeão da Copa do Mundo de 1966 e ídolo do Liverpool, Roger Hunt morre aos 83 anos

Considerado uma das maiores lendas do futebol inglês, atacante enfrentava uma doença não revelada há alguns anos. Causa da morte não foi divulgada

Redação, Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2021 | 10h09

Campeão do mundo pela seleção da Inglaterra em 1966 e ídolo do Liverpool, o atacante Roger Hunt morreu nesta terça-feira, aos 83 anos. A causa da morte não foi divulgada. O tradicional clube inglês afirmou apenas se tratar de doença que o atleta enfrentava há alguns anos.

O jogador foi uma das lendas do futebol inglês, principalmente na década de 60, quando obteve suas maiores conquistas. Ele foi uma das referências da sua seleção na Copa de 1966, quando a Inglaterra faturou seu único título mundial, jogando em casa. Na ocasião, Hunt esteve em campo nos seis jogos da equipe na competição e marcou três gols.

No mesmo ano, ajudou o Liverpool a se sagrar campeão inglês, em sua última grande conquista pelo clube do qual se tornou ídolo. Hunt é o segundo maior artilheiro da história do time, com 285 gols em 492 jogos. Só é superado por Ian Rush, com 346. Hunt, contudo, segue como o maior goleador da equipe no Campeonato Inglês, com 244.

Ele também ajudou o time a levantar o troféu em 1964 e a taça da segunda divisão, em 1962, quando o Liverpool subiu para a elite do futebol inglês. Hunt ainda participou da conquista da Copa da Inglaterra em 1965, sob o comando de Bill Shankly, um dos técnicos mais lendários da história do clube.

"Os pensamentos de todos no Liverpool FC estão com a família e os amigos de Roger neste momento triste e difícil", anunciou o clube. "É uma notícia muito triste e nossos pensamentos e nosso amor estão com sua família agora", comentou o atual técnico do time, Jürgen Klopp.

A organização do Campeonato Inglês também lamentou a perda. "A Premier League está profundamente entristecida por ouvir que Roger Hunt, craque da Copa do Mundo de 1966 e do Liverpool, morreu. Oferecemos nossas sinceras condolências à família e aos amigos de Roger neste momento triste."

Por sua contribuição ao futebol nacional, Hunt recebeu em 2000 a chamada "Excelentíssima Ordem do Império Britânico", condecoração entregue pela ordem de cavalaria britânica e concedida pela rainha Elizabeth II.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.