Andreas Gebert / Reuters
Andreas Gebert / Reuters

Campeão do mundo em 2014, Mats Hummels acerta a sua volta ao Borussia Dortmund

Zagueiro de 30 anos estava no Bayern de Munique e retorna ao clube onde iniciou a carreira

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de junho de 2019 | 11h27

Depois do meia Mario Götze, outro campeão mundial em 2014 pela seleção da Alemanha está de volta ao Borussia Dortmund. Também contratado junto ao Bayern de Munique, o zagueiro Mats Hummels, de 30 anos, acertou o seu retorno ao clube aurinegro, onde começou a carreira e se tornou profissional, após três temporadas.

Os clubes não divulgaram os valores da negociação, mas a imprensa alemã avalia que o negócio chegou a 38 milhões de euros (R$ 164,82 milhões), três milhões de euros (R$ 13,02 milhões) a mais que o Bayern de Munique pagou pelo zagueiro em 2016. Passando pelos exames médicos, Hummels assinará contrato por três temporadas e pode receber até 10 milhões de euros por ano (mais de R$ 43 milhões).

O zagueiro é o quarto reforço do Borussia Dortmund na temporada. O lateral/meia Nico Schulz, de 26 anos, foi o primeiro e fechou até 2024; o meia belga Thorgan Hazard, também de 26, irmão de Eden, o segundo e com vínculo até 2024; e o meia Julian Brandt, de 23, o terceiro e com contrato até 2024.

"Mats Hummels está retornando ao Borussia Dortmund. Na quarta-feira, o FC Bayern e o BVB chegaram a um acordo fundamental sobre a mudança do zagueiro central, que jogou pelo Dortmund de 2008 a 2016. Ambas as partes concordaram em manter a transferência de forma confidencial. Para completar a transferência, Hummels agora tem que completar o exame médico em Dortmund", disse a nota oficial do Bayern de Munique.

Quando foi campeão mundial com a Alemanha na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, o defensor vestia a camisa do Borussia Dortmund. Pelo clube, são 335 partidas disputadas e 25 gols na sua primeira passagem. No Bayern de Munique, Hummels permaneceu três temporadas, de 2016 a 2019, e atuou em 118 jogos com oito gols marcados, além de ter conquistado três títulos do Campeonato Alemão (2017, 2018 e 2019) e uma Copa da Alemanha (2019).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.