Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Campeão em 2009, Alessandro elogia Corinthians: 'Estarei sempre ao lado deles'

Gerente do clube conquistou a taça da Copa do Brasil há nove anos e mandou mensagem aos jogadores do atual elenco

João Prata, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2018 | 11h00

Atual gerente de futebol do Corinthians, Alessandro sabe muito bem o que é ser campeão pelo clube. Na lateral direita, ele foi fundamental na conquista da Copa do Brasil de 2009 e, três anos depois, como capitão do time,  levantou as taças da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa.

Em entrevista ao Estado, o dirigente relembrou a conquista do torneio nacional e mandou uma mensagem de apoio para o elenco, que nesta quarta-feira, às 21h45, encara o Cruzeiro, em Itaquera, em busca do tetra da competição.

"Estou ao lado deles, independentemente do resultado. Sobre a expectativa da vitória, que coloquem em campo o que têm de melhor. O elenco fez muito para chegar à final. Que se unam porque têm totais qualidades para colocar o nome na história de um clube centenário. Estarei sempre ao lado deles", afirmou o ex-jogador.

O ex-lateral-direito prefere não fazer comparações com o time campeão em 2009, diante do Internacional, e a atual equipe comandada pelo técnico Jair Ventura. "Todos os grupos e elencos são muitos distintos. Cada um tem seus méritos, suas características muito próprias. Muito difícil fazer comparações, encontrar semelhanças e diferenças. Esse título de 2009 vai completar uma década. É um passado gostoso de lembrar".

Ao mesmo tempo, Alessandro gosta de relembrar daquele título, que foi conquistado um ano depois de o Corinthians retornar da Série B do Campeonato Brasileiro. "Tivemos uma conquista muito especial, que veio depois do título paulista. Jogamos contra o Inter, fizemos dois grandes jogos. Tinha o Ronaldo, o time estava voltando para a elite do Brasileiro. Foi um momento de retomada, de mudanças positivas na história do clube e pude fazer parte".

Alessandro jogou no Corinthians de 2008 a 2013. Foram 258 jogos e quatro gols. Foi campeão paulista (2009 e 2013), Copa do Brasil (2009), Série B (2008), Brasileirão (2011), Libertadores (2012), Mundial de Clubes da Fifa (2012) e Recopa Sul-Americana (2013).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.