Rodrigo Corsi/ Ag. Paulistão
Rodrigo Corsi/ Ag. Paulistão

Campeão Palmeiras domina seleção do Paulistão, com quatro jogadores e craque Dudu

Weverton, Gómez, Danilo e Raphael Veiga também compõem time ideal do Campeonato Paulista; Rogério Ceni supera Abel Ferreira e é eleito melhor técnico

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

04 de abril de 2022 | 22h40

Campeão paulista pela 24ª vez, com uma goleda de 4 a 0 sobre o São Paulo, que representou um reviravolta histórica, o Palmeiras dominou a seleção do torneio, com cinco jogadores e o craque da competição, Dudu. “Divido esse prêmio com todos do clube”, discursou brevemente o melhor jogador do Estadual. A presidente Leila Pereira se mostrou animada com mais um título sobre um rival: “O Palmeiras deu show na nossa arena de shows”, comemorou a mandatária.

A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou os integrantes da equipe ideal da competição na noite desta segunda-feira, em evento na zona oeste da capital. O time de Abel Ferreira colocou Weverton, Gómez, Danilo, Raphael Veiga e Dudu na seleção do Paulistão. Considerando todas as posições, só não teve representante nas laterais.

Veiga afirmou na premiação que até seus amigos lhe perguntam sobre por que ainda não recebeu uma chance na seleção brasileira. “Às vezes não sei o que responder. Mas tenho que continuar trabalhando que as coisas vão acontecer naturalmente”, comentou. “Sou muito feliz no Palmeiras. Quero continuar ganhando títulos”, emendou o meia, que já ergueu sete troféus com a camisa alviverde.

O São Paulo, vice-campeão, teve três representantes na formação ideal: o lateral-direito Rafinha, o centrovante argentino Calleri e o técnico Rogério Ceni. O volante Pablo Maia foi eleito a revelação do Paulistão. Calleri foi escolhido o craque da galera e seu gol de bicicleta contra o Água Santa, o mais bonito.

Quando foi receber o prêmio, o atacante argentino foi vaiado por parte do público, consequência do episódio em que acertoeu um tapa na mão de um jogador da base do Palmeiras e quebrou o celular do garoto. Ele pediu desculpas nas redes sociais e em conversa com a imprensa na premiação.

Já Rafinha comentou a perda do Estadual para o Palmeiras na decisão em que o São Paulo levou 4 a 0 no Allianz Parque. “A gente vai lamentar, vai ficar na nossa cabeça por mais alguns dias, mais alguns meses, perder é sempre ruim, mas faz parte, é o começou da temporada, a gente tem um ano inteiro pela frente”.

O Bragantino, que caiu para o campeão Palmeiras nas semifinais, também teve três representantes: o zagueiro Léo Ortiz, o lateral-esquerdo Luân Candido e o atacante Artur. O Corinthians pôs apenas Renato Augusto entre eleitos, e o Santos, eliminado na primeira fase, ficou sem atletas na seleção. A eleição dos atletas se deu com votos dos técnicos e capitães dos 16 times participantes do certame e foi escalada no 4-3-3.

O presidente da FPF fez um discurso breve na abertura do evento. No palco, o dirigente disse estar emocionado com a presença dos convidados na premiação, que voltou a ser realizada presencialmente após três anos. “Podemos dizer sem medo que o Paulistão que completa 120 anos é um divisor de água para o futebol nacional”, afirmou Carneiro Bastos. “É normal sentir medo do novo, mas nao podemos ficar estagnados. Temos que ousar e arriscar”, acrescentou.

Apresentada por por Fred, do Canal Desimpedidos, e André Henning, narrador dos canais da Warner Media, a cerimônia foi leve e dinâmica, sem discursos longos de cada um dos atletas que subiram no palco para receber seus prêmios. Um grupo de rap e a cantora Ludmilla animaram a festa. 

Veja a seleção do Campeonato Paulista 2022:

Weverton; Rafinha, Gómez, Leo Ortiz e Luan Cândido; Danilo, Renato Augusto e Raphael Veiga; Artur, Dudu e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.