Marcelo del Pozo/Reuters
Marcelo del Pozo/Reuters

Campeão, Simeone exalta 'temporada extraordinária'

No próximo sábado, Atlético de Madrid pode conquistar o título inédito da Liga dos Campeões

Agência Estado

17 de maio de 2014 | 20h48

BARCELONA - Campeão espanhol com o Atlético de Madrid, Diego Simeone não escondeu a sua euforia com o objetivo alcançado neste sábado pela sua equipe no Camp Nou, onde o empate por 1 a 1 com o Barcelona fez o clube da capital espanhola encerrar um jejum de 18 anos sem títulos da principal competição do país. O técnico argentino destacou que a conquista foi mais um reflexo da "temporada extraordinária" do seu time.

"Hoje fizemos história em um clube que queremos muito. E os jogadores responderam de uma maneira extraordinária", ressaltou o comandante, lembrando que não é qualquer time que festeja uma taça em pleno Camp Nou diante do Barça. "Hoje seguramente é um dos dias mais importantes da história do clube. Sair campeão de Barcelona... É só alegria", completou.

Simeone, entretanto, ainda não está totalmente satisfeito neste final de temporada europeia e agora já começa a projetar a final da Liga dos Campeões, no próximo sábado, contra o Real Madrid, em Lisboa. "Seguramente hoje pudemos fazer história, mas temos que jogar no sábado e temos de nos preparar para sábado", lembrou.

O zagueiro Diego Godín, autor do gol de empate que assegurou o título ao Atlético de Madrid, foi outro que destacou o merecimento do Atlético. "Lutamos durante todo o ano, fizemos um trabalho impressionante aguentando 38 rodadas contra equipes como o Real Madrid e o Barça. Nós merecíamos, hoje o futebol foi justo", disse o uruguaio.

Companheiro de zaga de Godín, o brasileiro Miranda seguiu a mesma linha de discurso ao comentar a conquista. "Ganhar uma Liga contra Barcelona e Real Madrid. Demonstramos que somos merecedores disso, tivemos uma campanha brilhante", exaltou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.