Campeonato Brasileiro Feminino terá final inédita entre Rio Preto e Flamengo

O Campeonato Brasileiro Feminino, em sua quarta edição organizada pela Confederação brasileira de Futebol (CBF), vai ter uma final inédita entre paulistas e cariocas. Rio Preto e Flamengo garantiram suas vagas nas finais, nesta quarta-feira à noite, quando eliminaram, respectivamente, São José e Ferroviária.

Estadão Conteúdo

11 de maio de 2016 | 21h40

É a primeira vez que um clube carioca chega na final. O campeão vai sair em dois jogos, com o primeiro a ser realizado na próxima quarta-feira, no Rio. A volta será em São José do Rio Preto, que tem a melhor campanha na competição.

Atual campeão, o Rio Preto tinha empatado em São José dos Campos por 1 a 1 e jogava pelo empate sem gol dentro do estádio Anísio Haddad. Mas venceu com um gol de Millene, artilheira da competição, com 10 gols, aos 18 minutos do segundo tempo. Fechou as semifinais, eliminando o atual vice-campeão.

No Rio de Janeiro, no estádio Nunes, noutro jogo equilibrado, o Flamengo venceu a Ferroviária, campeã do ano passado da Copa Libertadores, com um gol de Larissa aos oito minutos do segundo tempo. Como tinha perdido em Araraquara, por 2 a 1, o time carioca empatou na soma agregada em dois gols. Só que marcou um gol fora e garantiu sua presença inédita na final.

Para definir o mando de campo das finais, vale a soma da segunda fase e das semifinais. O Rio Preto fez 16 pontos na primeira fase e mais quatro agora, totalizando 20. O Flamengo fez 13 mais três nas semifinais, totalizando 16 pontos.

Esta é a quarta edição do Brasileiro Feminino promovido pela CBF. Em 2013 a primeira campeã foi o Centro Olímpico, da capital de São Paulo, com o vice sendo o São José. Em 2014 a Ferroviária superou o Kindermann, de Santa Catarina.

No ano passado, o Rio Preto levou a taça e o São José foi vice-campeão. Nesta temporada, a partir da segunda fase, cada uma das oito equipes classificadas pode usar algumas jogadoras da seleção brasileira, dentro de um critério de ranking pré-estabelecido.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCBFFlamengoFutebol Feminino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.