Gonzalo Fuentes / Reuters
Gonzalo Fuentes / Reuters

Netflix faz acordo para a exibição do Campeonato Francês, mas não fará transmissão: entenda

Plataforma de streaming fechou parceria comercial para criar base prévia de assinantes de um canal que entrará no ar em agosto

Daniel Batista e Raul Vitor, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2020 | 10h39

A Netflix fechou acordo com a empresa espanhola Mediapro para a transmissão do Campeonato Francês. Com isso, a plataforma de filmes, documentários e séries teria acesso a exibição de conteúdo futebolístico do canal Telefoot, uma emissora que entrará no ar em agosto, na França, e será responsável pela transmissão da competição para o País. 

A notícia, que foi divulgada inicialmente pelo jornal francês L'Équipe, fez com que muitos torcedores se animassem com a possibilidade de ver os jogos pelo canal de streaming, mas a Netflix não vai transmitir partidas do Campeonato Francês. O que aconteceu, de fato, foi um acordo comercial apenas entre a Mediapro e o serviço de streaming, com o intuito de popularizar o Telefoot, que está prestes a ser lançado.

A ideia é criar uma base de assinantes prévia. Com o acordo, estima-se que o Telefoot seja implementado com 3,5 milhões de usuários na França. A força da maior plataforma de streaming do mundo está sendo utilizada para inserção de um novo veículo, assim como acontece com empresas telefônicas no Brasil, que oferecem assinaturas gratuitas da Netflix, para popularizarem seus planos pós-pagos de celulares.

Na França, os interessados poderão adquirir o plano Netflix/Telefoot por 30 euros anuais (R$ 183). Além do Campeonato Francês, quem assinar o pacote terá acesso a Liga dos Campeões, Liga Europa e Uefa Europa Conference League. Ou seja, aos três campeonatos mais expressivos do continente. O acordo entre a Netflix e a Mediapro terá validade até 2024 e só acontecerá em território francês. 

No Brasil, o Campeonato Francês tem a transmissão exclusiva do canal DAZN, que tem contrato válido até a próxima temporada. E apesar dos apelos de muitos torcedores, a Netflix não tem planos de investir em transmissão de futebol, por enquanto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.