John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Em homenagem, Campeonato Inglês tocará hino da França

Amistoso das duas seleções foi marcado pelo canto da Marselhesa

Estadão Conteúdo

19 Novembro 2015 | 16h45

A rivalidade histórica entre Inglaterra e França definitivamente caiu por terra com os acontecimentos recentes. A solidariedade dos ingleses diante do drama vivido pelo vizinho europeu foi novamente demonstrada nesta quinta-feira, quando a organização do Campeonato Inglês anunciou que tocará o hino francês antes das partidas da rodada deste fim de semana.

De acordo com a Premier League, uma versão em coral da Marselhesa, como é conhecido o hino francês, será tocada antes das dez partidas da 13.ª rodada do Campeonato Inglês. Os jogadores formarão um círculo no meio de campo em respeito ao hino, uma homenagem aos 129 mortos pelos ataques terroristas ocorridos em Paris na última sexta-feira.

"Todos estamos tristes e profundamente consternados pelo que aconteceu na sexta passada em Paris", disse Richard Scudamore, diretor-esportivo da Premier League. "O caso de um ataque contra gente que desfrutava de sua liberdade cotidiana, como ir a um bar, a um concerto ou uma partida de futebol, faz com que os fãs de futebol e o público em geral do Reino Unido possam se identificar."

A solidariedade inglesa já havia sido exposta na última terça-feira, quando a seleção nacional enfrentou a França em amistoso, e uma série de homenagens foi feita ao país vizinho. Entre elas, a emocionante execução da Marselhesa antes da partida, acompanhada por todos os torcedores em Wembley, inclusive os ingleses, que seguiam a letra do hino no telão.

Os torcedores que forem às partidas da rodada do Campeonato Inglês se depararão com um esquema de segurança bem mais rigoroso, justamente pelo temor de novos ataques na Europa. "Sem dúvida há uma sensação de vigilância nos clubes e os torcedores têm que entender", explicou a Premier League.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.