AP/Paola Garbuio
AP/Paola Garbuio

Juventus perde Dybala no início, empata com Venezia e cai uma posição no Italiano

Atacante argentino deixa o campo machucado e dá lugar ao ex-santista Kaio Jorge, que teve atuação discreta; com o placar de 1 a 1, equipe de Turim é ultrapassada pela Fiorentina e cai para sexto lugar

Redação, Estadao Conteudo

11 de dezembro de 2021 | 16h26

Depois de garantir a liderança do Grupo H da Liga dos Campeões na quarta-feira, a Juventus tropeçou neste sábado, na 17ª rodada do Campeonato Italiano, ao ceder um empate por 1 a 1 para o Venezia no Estádio Pierluigi Penzo. O time comandado por Massimiliano Allegri sofreu um gol no segundo tempo, após ter saído na frente com Morata no primeiro, em partida na qual perdeu Dybala, lesionado, ainda nos primeiros minutos.

A igualdade no placar encerra uma série de três jogos sem derrota da Juve, construída com uma vitória sobre o Malmo na competição continental e duas na liga nacional. Agora em sexto lugar, a equipe está com 28 pontos, ultrapassada pela Fiorentina, que jogou um pouco mais cedo e goleou o Salernitana por 4 a 0 no Artemio Franchi, em Florença.

A Juventus teve muito o que lamentar logo aos 12 minutos de jogo, quando Dyabla se lesionou e deixou o campo caminhando, mas com cara de preocupação. O escolhido para entrar no lugar do argentino foi o brasileiro Kaio Jorge, que teve uma atuação discreta apesar de ter participado de alguns lances ofensivos.

De qualquer forma, a Juve conseguiu superar a ausência de um de seus principais jogadores e encerrou o primeiro tempo em vantagem. Isso porque Álvaro Morata aproveitou bom cruzamento de Pellegrini, dentro da área, e desviou para a rede, aos 31 minutos, abrindo o placar no Pierluigi Penzo.

O placar voltou a ficar empatado ainda no início do segundo tempo. Aos dez minutos, Aramu ficou com a sobra perto da área e arriscou de primeira, acertando um chute forte que fez a bola morrer no canto direito do goleiro Szczesny, que se jogou em direção à trave mas não conseguiu pegar.

Insatisfeito com a atuação, Allegri fez três substituições de uma vez aos 31 minutos. Um dos substituídos foi Kaio Jorge, que havia entrado durante o primeiro tempo. Ele saiu ao lado de Pellegrini e Bentancur, enquanto o lateral-esquerdo brasileiro Alex Sandro entrou em campo acompanhado por Bernardeschi e Kean. As mudanças não causaram o efeito desejado e o empate persistiu até o apito final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.