Gualter Naves/Estadão
Gualter Naves/Estadão

Campeonato Mineiro começa com expectativa sobre os novos elencos

Atlético-MG e Cruzeiro, que também disputarão a Copa Libertadores, passaram por uma grande reformulação. América-MG corre por fora

Marcelo Portela - Belo Horizonte, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2015 | 07h00

O Campeonato Mineiro tem início neste domingo com a expectativa das torcidas sobre os times que atuarão na temporada 2015. Ostrês times de Belo Horizonte, Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG, entrarão emcampo com diversas novidades e ainda precisam ganhar a confiança dos torcedorescom as mudanças.

As maiores alterações ocorrem na Raposa. Pelo menos dezatletas que participaram da conquista do bicampeonato brasileiro no ano passadodeixaram a equipe. Além de desfalques como os de Éverton Ribeiro, RicardoGoulart e Lucas Silva, o técnico cruzeirense, Marcelo Oliveira, ainda perdeu ozagueiro Dedé, que está fora de ação nos próximos meses por causa de umacirurgia no joelho.

O time celeste foi reforçado com oito atletas – os lateraisFabiano, Mena e Paraná, o volante Felipe Seymour, o meia De Arrascaeta e osatacantes Joel, Riascos e Leandro Damião –, mas ainda não está formado, pois asvagas de Éverton Ribeiro e Lucas Silva ainda não foram preenchidas. Asexperiências feitas por Oliveira até o momento mostraram apenas falta deentrosamento do time. “O natural, ideal é que a gente tivesse trabalho só derecondicionar os jogadores, que já sabiam o que fazer em campo. (Mas) temos quemontar um novo time. Não sou de lamentar muito. Esse é o trabalho do técnico”,disse Marcelo Oliveira, para quem é preciso “valorizar quem vai jogar”.

A situação no Galo é bem diferente. O Atlético perdeu oídolo Diego Tardelli, vendido para o chinês Shandong Luneng, mas a direçãoalvinegra conseguiu manter praticamente toda a base do grupo que venceu a Copado Brasil ano passado. Além disso, o time contratou o argentino Lucas Pratto,que já mostrou bom relacionamento com Dátolo no ataque atleticano. E ainda hárumores de que o Galo estaria interessado no meia Cárdenas.

“É bom jogador, mas tem um procurador ótimo. Põe ele emevidencia de uma maneira que está superando até nossas expectativas. Então, nãoé uma situação que vai ser definida agora”, declarou o técnico alvinegro, LevirCulpi, em referência ao meia, em evento de lançamento de seu livro em SãoPaulo. O treinador ressaltou ainda que o time tem uma “base sólida” e que “nãoadianta pensar só em reforço”.

Já o Coelho será o que vai se apresentar mais renovado detodos. Do elenco de 2014, nada menos que 17 jogadores deixaram o time até omomento e o técnico Givanildo Oliveira optou por promover diversos jogadores dabase. Além disso, a direção alviverde fez cinco contratações e, apesar deAnderson Conceição, Wesley Matos, Alison, Diego Lorenzi e Felipe já treinaremcom o time há alguns dias, foram oficialmente apresentados como reforços no fimda semana, fechando o grupo para o campeonato estadual.

Os três farão suas estreiasno Mineiro às 17h deste domingo. O Atlético recebe o Tupi no estádio Independência,em Belo Horizonte; o Cruzeiro enfrentará o Democratas, no Mammoud Abbas, emGovernador Valadares; e o América encara o Guarani no estádio Farião, emDivinópolis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.