Reuters
Reuters

Campeonato Sueco inicia com morte em briga de torcida

Torcida do Djurgarden invade o gramado do estádio do Helsingborg

Agência Estado

30 de março de 2014 | 15h41

ESTOCOLMO - Mortes em brigas entre torcidas de futebol não são exclusividade dos países em desenvolvimento. Até a Suécia, conhecida pelos altos índices de qualidade de vida, sofre com o problema. Neste domingo, um torcedor do Djurgarden foi morto depois de uma briga contra a torcida do Helsingborg, na abertura do Campeonato Sueco.

De acordo com a polícia da cidade portuária de Helsingborg, no sul da Suécia, um torcedor do Djurgarden, de 40 anos, foi encontrado gravemente feriado por volta das 14h30 deste domingo, no horário local. Ele estava no centro da cidade e teria sido golpeado na cabeça. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

O anúncio da morte do torcedor chegou ao estádio de Helsingborg já durante a partida. A torcida do Djurgarden, revoltada, invadiu o gramado e começou a entrar em confronto com a polícia e com seguranças do estádio. Para evitar uma tragédia, o árbitro encerrou a partida aos 41 minutos do primeiro tempo.

As brigas em estádios de futebol da Suécia, se não frequentes como no Brasil, também não chegam a ser incomuns. O campeonato local, por conta do inverno rígido, começou neste domingo e vai até novembro. O Djurgarden, de Estocolmo, venceu o torneio 11 vezes, a última delas em 2005. No total, foram seis participações em Liga dos Campeões da Europa.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolCampeonato Sueco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.