Campinense derrota o Brasiliense e deixa a lanterna

Na Paraíba, time ganha por 1 a 0 com gol de pênalti e continua na luta para escapar do rebaixamento

AE, Agencia Estado

29 de agosto de 2009 | 00h06

O Campinense deixou a lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B. O time paraibano chegou ao quinto jogo consecutivo sem derrota e venceu o Brasiliense por 1 a 0, no estádio Amigão, nesta sexta-feira, pela 21.ª rodada. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Edmundo, que fez de pênalti aos 10 minutos do segundo tempo.

 

Veja também:

Brasileirão Série B - tabela Classificação | lista Tabela

especialSÉRIE B - Leia mais sobre a competição

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Na sequência invicta, o Campinense soma três vitórias e dois empates. Assim, o time paraibano é o penúltimo colocado, pois chegou aos 20 pontos e passou a lanterna para as mãos do ABC, que soma 18. Já o Brasiliense é o 11.º colocado, com 27 pontos, mas pode perder mais algumas colocações no término da rodada.

O primeiro tempo foi movimentado, com leve supremacia do time da casa, mas suas chances criadas não foram convertidas em gol. Mesmo um pouco melhor, a chance mais clara de gol foi do Brasiliense no último minuto. Após cruzamento de Edinho, o volante Flávio tocou para o gol, mas o zagueiro Leandro Camilo se atirou na frente da bola salvando em cima da linha.

No começo da segunda etapa, o Campinense continuou melhor e abriu o placar aos 10 minutos. Pedro Ayub derrubou Edmundo dentro da área. O árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Edmundo deu a paradinha e deslocou o goleiro Guto para abrir o placar. O Brasiliense ainda buscou o empate, mas a defesa do Campinense foi eficiente.

Pela 22.ª rodada, o Campinense volta a campo na próxima sexta, quando enfrenta o Guarani, às 21 horas, no estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O Brasiliense joga no dia seguinte, quando recebe o Fortaleza, em Taguatinga.

CAMPINENSE 1 X 0 BRASILIENSE

Campinense - Fabiano; Fábio Santana, Leandro Camilo, Nino e Marquinhos; Charles Wagner, Neto Maranhão, Giuliano (Rodrigo Broa) e Fernandes; Washington (Thompson) e Edmundo (Almir). Técnico: Freitas Nascimento

Brasiliense - Guto; Anderson, Ailson, Cesar Gaúcho e Edinho; Pedro Ayub (Juninho), Flávio, Didão (Tiago Félix) e Rodriguinho; Gustavo (Chefe) e Abuda. Técnico: Heriberto da Cunha

Gol - Edmundo (pênalti), aos 10 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Fábio Santana (campinense); Didão, Pedro Ayub, Juninho, Edinho, Ailson e Cesar Gaúcho (Brasiliense)

Árbitro - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE)

Renda e público - Não disponíveis

Local - Estádio Amigão, em Campina Grande (PB)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.