Cancelamento de amistoso do Corinthians agrada Mano

O cancelamento do amistoso que o Corinthians faria nesta terça-feira contra o Operário, em Campo Grande, foi comemorado pelo técnico Mano Menezes. Ele terá assim uma semana livre para trabalhar o time a fim da estréia no segundo turno da Série B, no próximo sábado, contra o CRB. "Só posso dizer muito obrigado. Esses últimos dois meses foram com dois jogos por semana. Eu prefiro ter a semana livre para arrumar os defeitos", admitiu o treinador. Ele havia comunicado à diretoria que não gostou da marcação do amistoso, mas não teve como negar.O convite foi feito pela prefeitura de Campo Grande, que faz aniversário. O Operário também comemora anos, mas o valor acertado - R$ 200 mil - não foi pago até sexta-feira passada, como havia sido combinado. Por isso o Corinthians avisou que não viaja.Houve apenas uma comunicação a Mano Menezes, e não uma consulta. Ele aceitou, mas reclamou. Mano avisou que preferia uma semana livre de treinos. "No treino você corrige, no jogo não. Esses jogadores vão acabar entrando, como o Alves entrou contra o América. Se estão no grupo, têm condições, não é preciso testá-los", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.