Rick Rycroft/AP
Rick Rycroft/AP

Candidata a saco de pancadas na Copa, Austrália só empata em amistoso

Seleção, que está na chave B ao lado de Espanha, Holanda e Chile, fica no 1 a 1 com a África do Sul

O Estado de S. Paulo

26 de maio de 2014 | 09h25

SYDNEY - A seleção da Austrália sabe que não terá vida fácil na Copa do Mundo. Afinal de contas, caiu num grupo com Espanha, Holanda e Chile. Chegarão ao Mundial como um grande candidato a saco de pancadas. E isso não é apenas pela força dos rivais. Também tem a ver com o futebol do time, que não conseguiu vencer amistoso contra a apenas esforçada equipe da África do Sul.

Diante de 50.459 no Estádio Olímpico de Sydney, os cangurus tiveram de se contentar com igualdade de 1 a 1 diante dos africanos. Pior, ainda saíram atrás do marcador, graças a um gol de Ayanda Patosi, aos 13 minutos do jogo. Sede do Mundial de 2010, a África do Sul não passou nem perto de disputar a Copa no Brasil.

Tim Cahill, o astro da limitada seleção australiana, foi o responsável por salvar sua equipe de vexame diante da torcida. Ele empatou o amistoso um minuto após o placar ser aberto em Sydney. Ou seja: a Austrália teve 86 minutos para buscar mais um gol e evitar o vexame. Não mostrou força, mesmo apoiada por 50 mil vozes.

A seleção ainda terá um novo teste antes de disputar a competição brasileira. E o desafio final já será em solo verde-amarelo. No dia 6 de junho, em Pituaçu, em Salvador, encara um adversário de Copa. Os australianos fazem amistoso com a Croácia, adversária do Brasil na abertura da Copa, em São Paulo, dia 12.

O primeiro compromisso para valer da Austrália será dia 13 de junho, diante do Chile, na Arena Pantanal, em Cuiabá.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.