Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Candidato a craque do Brasileiro, Dudu busca nova coroação no Palmeiras

Atacante pode se consolidar como ídolo do clube diante da possibilidade de ganhar terceira taça em quatro anos

Ciro Campos, Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

25 de novembro de 2018 | 05h00

O Palmeiras está a uma vitória de ser campeão brasileiro e coroar mais um ídolo em sua história. A partir das 17h deste domingo, contra o Vasco, em São Januário, o atacante Dudu entra em campo para tentar comemorar a terceira conquista pela equipe e se fixar de vez entre os grandes jogadores alviverdes, não só pelos números positivos, gols, mas também pelas boas atuações.

Desde que chegou ao clube em 2015, Dudu se tornou símbolo da ascensão do Palmeiras. O atacante foi fundamental nas conquistas da Copa do Brasil de 2015 e do Brasileirão de 2016, inclusive como capitão. Nenhum outro atleta foi titular e protagonista nestas três competições. O pequenino de 1,66m é o artilheiro do Palmeiras no século, com 55 gols, e maior referência do time neste Brasileiro. 

"Para mim, ele é o craque do campeonato. Está jogando muito", resumiu o técnico do time, Luiz Felipe Scolari. "O Dudu vai ser o craque do campeonato, porque o que ele está jogando é um absurdo", elogiou o companheiro Lucas Lima. 

Dudu está bem próximo de completar sua melhor temporada no clube. Foi o ano em que ele atuou mais vezes (64 jogos) e deu mais assistências para gols (17), consolidando-se com ídolo do vestiário e da torcida.

A identificação com o palmeirense não vem só pelos números. Sua reinvenção no clube também pesa. Em julho, o Shandong Luneng, da China, ofereceu proposta salarial de R$ 2 milhões por mês, sem contar luvas e bônus por metas. Dudu queria se transferir e manifestou publicamente sua insatisfação após a resistência do Palmeiras de o liberar. 

A torcida pegou no seu pé. Em agosto, Felipão assumiu o comando e encontrou o antigo pupilo com quem havia trabalhado no Grêmio, em 2014, desanimado. Dudu e o treinador se acertaram. O atacante ganhou confiança, tranquilidade e mudou de patamar. Passou a jogar mais e melhor. Antes da vinda de Scolari, ele tinha 40 jogos no ano, com sete gols e sete assistências. Hoje ele tem 14 gols.

A importância de Dudu para o Palmeiras leva um antigo ídolo do clube, Edmundo, a fazer um apelo para que ele resista a novas investidas dos chineses. "O Palmeiras é um dos maiores clubes do mundo. Em nenhum lugar o Dudu vai ser tão feliz quanto com a camisa do Palmeiras", diz o comentarista da Fox Sports.

TRÊS PERGUNTAS PARA...Edmundo, comentarista da Fox Sports

1. Na sua opinião, o Dudu é o grande craque deste Campeonato Brasileiro?

Para mim, o Dudu é sim o grande craque da competição, responsável direto pelas vitórias do Palmeiras. Ele foi um dos poucos titulares nos times da Copa Libertadores e Copa do Brasil, como também nos times do Campeonato Brasileiro. Ele sempre jogou muito bem e fez a diferença.

2. O Dudu, assim como você, chegou ao Palmeiras jovem, usa a camisa 7 e pode conquistar o seu segundo Brasileiro pelo clube. Enxerga mais semelhanças com ele, principalmente no estilo de jogo?

O estilo de jogo do Dudu é bem parecido ao meu. O futebol brasileiro é que está diferente hoje, com mais obrigações em campo. Eu não tinha tanta obrigação de marcar, por exemplo. Eu jogava mais pelo lado direito. Ele já joga mais pelo esquerdo. A técnica, a raça e a habilidade são comuns. O fato de ele jogar com a camisa 7, ter da torcida do Palmeiras o respeito e a admiração, então tem muita coisa parecida comigo.

3. Após quatro temporadas no Palmeiras, o Dudu pode se encaixar em qual nível de ídolos históricos do clube?

Quando você fica em um clube por tanto tempo, como é o caso do Dudu no Palmeiras, com quatro anos e conquistas importantes, marca a história. Isso quem tem de responder é o torcedor palmeirense. Eles guardam excelentes recordações de Ademir da Guia, Evair, Marcos, Edmundo, entre tantos outros jogadores. Sempre cabe mais um nesta lista. Tomara que o Dudu entre nesse seleto grupo do coração palmeirense.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.