Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Candidato à presidência do Barcelona diz que tentará contratar Haaland, Mbappé e Neymar

Emili Rousaud confia em seu vice, Josep Maria Minguella, que já foi agente de atletas, para realizar as negociações

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de dezembro de 2020 | 22h31

Emili Rousaud, candidato à presidência do Barcelona, apresentou nesta quarta o candidato à vice em sua chapa para o pleito, Josep Maria Minguella, prometendo que o companheiro trará grandes reforços à equipe nas próximas janelas. E as ambições não são pequenas: Minguella falou em contratar Haaland, Mbappé e Neymar.

"Conversei com Raiola (empresário de Haaland) e tenho todas as informações caso Rousaud seja presidente. Se estivermos no comando, Mbappé estará em cima da mesa e já fizemos contatos. Neymar é um jogador que traz visibilidade, patrocinadores, se ficar livre em um ano, vamos tentar contratá-lo. É um grande nome", comentou Minguella.

O candidato à vice-presidência já atuou como agente de jogadores e levou grandes contratações ao Barcelona no passado. Isso foi o principal mote para Rousaud dar um voto de confiança. “Ele conseguiu trazer Maradona, Stoichkov, Romário, Messi e, com o seu filho, Ansu Fati. Ele sempre esteve presente. Em muitas das páginas importantes do clube, ele foi o protagonista”, relembrou.

As eleições no Barcelona estão marcadas para ocorrer em 24 de janeiro de 2021, a menos que a situação da pandemia de coronavírus se agrave e impeça. Até agora, além de Rousaud, outras seis pessoas anunciaram intenção de concorrer à presidência, incluindo Joan Laporta, que presidiu o clube entre 2003 e 2010 - conquistando duas vitórias na Liga dos Campeões -, e o empresário Victor Font, que prometeu, em caso de vitória, nomear Xavi Hernandez como técnico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.