Tasso Marcelo / Estadão
Tasso Marcelo / Estadão

Candidatos à presidência do Palmeiras divulgam carta selando paz

O texto foi apresentado pela Terceira Via Verdão de olho no pleito do dia 21 de janeiro

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

16 de novembro de 2012 | 21h48

SÃO PAULO - Os candidatos à presidência do Palmeiras divulgaram nesta sexta-feira uma carta para selar a paz e prometer trégua em 2013, independente do resultado do pleito, que será realizado no dia 21 de janeiro de 2013.

Na carta, divulgada pelo site Terceira Via Verdão, os candidatos revelaram ainda que marcaram uma reunião com o atual presidente, Arnaldo Tirone para tratar do assunto. O dirigente ainda não decidiu se vai ou não tentar a reeleição.

Confira a carta logo abaixo:

Carta aberta aos palmeirenses

O desempenho no Campeonato Brasileiro da Sociedade Esportiva Palmeiras ficou muito aquém daquilo que a instituição deve sempre almejar e principalmente daquilo que o seu apaixonado torcedor merece.

Independente do resultado final das últimas rodadas, essa situação nos entristece, tanto quanto a qualquer palestrino.

Entretanto acreditamos que esta quase centenária e vitoriosa instituição exige mudanças não só dentro de campo mas também fora dele. Dentro de campo, seguramente, com reforços e com um elenco e comissão técnica capazes de fazerem o Palmeiras disputar títulos em igualdade de condições com seus principais rivais. Fora de campo, o Palmeiras exige mudanças que reflitam as melhores práticas do mundo no futebol, tais como profissionalismo, governança, investimento em infraestrutura, um marketing estruturado, enfim, uma gestão não apenas de um clube grande, mas de uma grande instituição, centenária, vencedora e com mais de 15 milhões de torcedores.

Por outro lado as lideranças políticas da SE Palmeiras estão cientes que possuem diferentes visões sobre diversos temas. Mas acima de tudo estamos cientes que uma coisa maior que tudo une a todos: a paixão incondicional pelo Palmeiras.

Portanto nós, representando essas lideranças de oposição, concordamos e assinamos esta carta aberta como forma de compromisso formal que independente de quem seja eleito o Presidente em janeiro próximo, desde já estaremos trabalhando juntos para o fortalecimento do time e para o planejamento da temporada de 2013.

Nos próximos dias já temos agendada uma reunião formal com o atual Presidente da SEP, Sr. Arnaldo Tirone, para desenvolvermos uma agenda comum.

Às vésperas de nosso centenário, disputando mais uma vez o principal título do continente, queremos que 2013 seja um ano de muito mais alegrias para o palmeirense.

Saudações Alviverdes!

Assinam

Décio Perin

Paulo Nobre

Wlademir Pescarmona

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.