Candinho dá bronca no time da Lusa

Irritado com a derrota para o Bangu, por 3 a 0, no Rio, o técnico Candinho utilizou a conversa com os jogadores da Lusa, nesta segunda-feira, para dar uma bronca geral. Sem citar nomes, pelo menos na frente dos jornalistas, ele deixou clara sua insatisfação com todo o grupo, especialmente o ataque e a defesa. "Tivemos algumas falhas individuais na armação das jogadas e na marcação. Vamos conversar sobre isso para tentar acertar alguns detalhes", explicou.Para aliviar a situação de seus jogadores, o treinador da Lusa procurou apontar alguns problemas que o time teve de enfrentar no jogo de domingo, contra o Bangu. A grama alta do estádio Moça Bonita e o calor de 43 graus no Rio foram algumas delas. "Eu não considero um resultado como esse normal", disse Candinho. "Mas quem mora no Rio de Janeiro diz que a temperatura dentro do estádio é sempre maior."Apesar do clima pesado no time, a diretoria da Portuguesa programou uma festa nesta terça-feira, às 11 horas, para a apresentação do novo uniforme. O evento contará com a presença do ex-jogador Djalma Santos. A nova camisa é toda vermelha e vai trazer dois frisos verticais amarelos. O detalhe representa o Jubileu de Ouro do primeiro título do Torneio Rio-São Paulo conquistada pelo clube.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2002 | 19h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.