Candinho resignado por mais reforços

A torcida palmeirense precisará de paciência no início do Campeonato Brasileiro. A diretoria e o técnico Candinho já admitem que, ao menos por enquanto, as três prometidas contratações de peso ficarão resumidas à de Juninho Paulista e à chegada de jogadores de menor expressão. "Sempre é bom que venham jogadores do nível do Juninho, só que às vezes não é possível", afirmou Candinho, nesta terça. "Se você não consegue esse tipo de jogador, tem que tentar outros que você acredita que vão atingir o que se espera em breve. São jogadores que estão despontando."O Palmeiras diz precisar, prioritariamente, de um zagueiro e de um centroavante. A diretoria prometeu atletas de nível internacional e tentou trazer os defensores Gamarra, da Inter de Milão, e Fábio Luciano, do Fenerbahce, da Turquia, além dos atacantes Luís Fabiano, do Porto, e França, do Bayer Leverkusen. As negociações não evoluíram e o time deve se contentar com o zagueiro Leonardo, do Bahia, e o atacante Washington, da Portuguesa.O gerente de Futebol do Palmeiras, Ilton José da Costa, reconhece a situação, mas ainda não desiste. "Continuamos trabalhando. Não temos portas 100% fechadas, mas temos dificuldades em atender às expectativas iniciais", disse Ilton. "Há uma possibilidade, mas está cada dia mais distante."O dirigente diz ainda que, caso as tentativas sejam mesmo infrutíferas, o Palmeiras deve retomar as investidas em junho, quando se encerra a temporada européia. "Aí, talvez, o mercado fique mais viável."Nesse caso, França volta a ser cogitado, uma vez que não deve ser mais aproveitado pelo Bayer Leverkusen. "O difícil é que, pela carência do mercado, há uma concorrência muito grande entre os times da Série A." Além do Palmeiras, o Santos tem interesse no atacante.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.