Caniza faz história no Paraguai ao jogar sua quarta Copa

Ao entrar em campo no empate em 0 a 0 com a Nova Zelândia, o zagueiro Caniza, de 35 anos, escreveu seu nome na história do futebol paraguaio. Ele foi primeiro jogador do país a participar de quatro Copas do Mundo.

AE-AP, Agência Estado

24 de junho de 2010 | 16h35

Caniza disputou o seu primeiro Mundial na França, em 1998, e também participou das campanhas na Coreia do Sul e no Japão, em 2002, e na Alemanha, há quatro anos. "É legal (a marca), mas o mais importante é que nos classificamos para as oitavas de final. Gostaria de ter marcado um gol no meu último Mundial", disse o atleta, que não entrou em campo na vitória sobre a Eslováquia por 2 a 0 e no empate em 1 a 1 com a Itália.

Caniza chegou a anunciar a aposentadoria da seleção após a Copa de 2002, mas voltou atrás na decisão para disputar as Eliminatórias sul-americanas para o Mundial da Alemanha. Pela primeira vez na história da competição, a seleção paraguaia terminou como líder de sua chave. O defensor acredita que o Paraguai pode surpreender nesta Copa do Mundo.

"Neste Mundial, podemos ser uma surpresa. Temos um bom elenco e creio que seguiremos fazendo história. Agora devemos esperar para ver o rival que enfrentaremos", disse o zagueiro, se referindo ao segundo colocado do Grupo E, que conta com a presença de Holanda, Japão, Dinamarca e a seleção de Camarões, já eliminada do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.