Cannavaro fica na África do Sul apesar da morte do avô

Depois da derrota da seleção italiana para o Egito por 1 a 0, pela Copa das Confederações, na quinta-feira, Fabio Cannavaro recebeu a notícia de que seu avô havia acabado de falecer. O zagueiro chorou muito e deixou o estádio bastante abalado, mas nesta sexta-feira o porta-voz da Itália, Diego Antenozio, anunciou que o jogador permanecerá na África do Sul para enfrentar o Brasil, no domingo.

AE-AP, Agencia Estado

19 de junho de 2009 | 16h57

"Ele tinha um vínculo muito estreito com o seu avô, mas o enterro já se realizou nesta manhã [de sexta-feira]", assegurou Diego Antenozio.

A derrota para o Egito complicou a situação da Itália no Grupo B. A seleção ainda está em segundo, com três pontos, os mesmos de seus algozes de quinta-feira, mas está na frente por ter um gol a mais no saldo.

Se perder para o Brasil, os italianos precisam torcer por uma derrota dos egípcios para os Estados Unidos - o que deixaria as três seleções com a mesma pontuação, e a vaga seria decidida no saldo. Nem mesmo a vitória garante a Itália na semifinal, já que o Egito também pode chegar a seis pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.