Cannavaro substitui Lippi no comando do tetracampeão chinês

Cannavaro substitui Lippi no comando do tetracampeão chinês

Marcelo Lippi se aposenta como técnico e ex-zagueiro assume o Guangzhou Evergrande. Ambos foram campeões mundiais em 2006

Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2014 | 08h59

Três dias depois de conquistar o tetracampeonato chinês, o Guangzhou Evergrande, da China, anunciou oficialmente nesta quarta-feira que o italiano Fabio Cannavaro substituirá o seu compatriota Marcelo Lippi no comando da equipe.

Campeão da Copa do Mundo de 2006 sob o comando justamente de Lippi, Cannavaro assumirá o posto que seu ex-mentor de 66 anos de idade deixou no último domingo, quando anunciou sua aposentadoria da carreira de treinador para se tornar diretor técnico do clube chinês.

Capitão da seleção italiana no Mundial de 2006, ano em que acabou sendo eleito o melhor jogador do Mundo pela Fifa, Cannavaro passou a temporada passada trabalhando como assistente-técnico do Al Ahli, clube dos Emirados Árabes Unidos. E no Guangzhou ele terá o seu primeiro trabalho como treinador de uma equipe na sua carreira.

No último domingo, logo após ganhar o título chinês pelo Guangzhou, Lippi disse que está "muito velho" para seguir trabalhando como treinador. "Estarei com 67 anos de idade em um futuro próximo, e não quero mais ser técnico", afirmou o comandante.

Cannavaro, de 41 anos de idade, foi também jogador da Inter de Milão, da Juventus, do Parma e do Napoli, sendo que encerrou a sua carreira como atleta no Al Ahli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.