Cansaço preocupa o São Caetano

Eliminado da Copa dos Campeões, o São Caetano agora se concentra totalmente na Copa Libertadores da América. E o obstáculo a superar é o cansaço causado pelas seguidas viagens durante a semana. Depois da derrota para o Flamengo no sábado, em Fortaleza, a delegação da equipe seguiu na manhã deste domingo para a Cidade do México, onde enfrenta o América na terça-feira, na partida de volta da semifinal da competição continental - o time paulista venceu o primeiro jogo por 2 a 0, em casa."O pessoal vai dormir no avião e depois, descansar bastante no hotel", afirmou preparador físico Flávio de Oliveira, antes do embarque para o México. Afinal, a delegação do São Caetano deixou Fortaleza logo depois do jogo e chegou a São Paulo à uma hora da manhã deste domingo. Do aeroporto, o grupo seguiu para casa, mas a reapresentação aconteceu às 9 horas, no estádio Anacleto Campanella. "Acho que dormi umas três horas", revelou o meia Aílton.O atacante Anaílson, totalmente recuperado de uma torção no tornozelo esquerdo, se juntou ao grupo e viajou para o México. O técnico Jair Picerni optou por levar 19 jogadores, incluindo o meia Marco Aurélio e o ex-júnior Irinei, que joga tanto na lateral como no meio-de-campo.O time titular não está definido, mas Anaílson deve entrar no lugar de Robert, com o volante Serginho sendo mantido no meio-de-campo. Marlon será improvisado na lateral-direita, no lugar de Russo, expulso no primeiro jogo contra o América.O São Caetano chegará à final mesmo perdendo por até um gol de diferença. Caso perca por dois gols, então decidirá a vaga na cobrança de pênaltis. O outro finalista sairá da semifinal entre Grêmio e Olimpia, do Paraguai, que voltam a se enfrentar quarta-feira, em Porto Alegre. No primeiro jogo, em Assunção, os paraguaios ganharam por 3 a 2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.