Capello admite que pode chamar Owen para Inglaterra

Fabio Capello, técnico da seleção inglesa, disse que Michael Owen terá que se manter em forma e seguir fazendo gols para ser convocado e que David Beckham não será levado em conta se não jogar com freqüência pelo Milan. Capello não tem chamado Owen para partidas das Eliminatórias, apesar do atacante do Newcastle ter feito nove gols em 15 jogos nesta temporada. Apesar disso, declarou que se Owen seguir em formar poderá ser convocado novamente para defender a Inglaterra. Pela seleção, ele participou de 89 jogos e marcou 40 gols. "É um jogador importante", afirmou Capello, que está há um ano no comando da Inglaterra. "O mais importante é que siga bem fisicamente. Nas últimas três vezes não estava bem". Owen sofreu com problemas na panturrilha nos últimos meses. Capello disse que Beckham, que entrou no final das quatro vitórias da Inglaterra pelas Eliminatórias, não será convocado só porque está perto de bater a marca de Bobby Moore, que defendeu a seleção em 108 partidas. Beckham pertence ao Los Angeles Galaxy e foi emprestado ao Milan. Ele se juntará ao clube italiano em janeiro e terá um mês para demonstrar que está em forma para ser convocado para o amistoso contra a Espanha, em 11 de fevereiro. "Se joga (pelo Milan), será uma possibilidade", disse Capello. "Se não joga, não será convocado. É o mesmo com todos jogadores, Não é uma questão de simpatia".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.