Capello planeja 'relaxar' após deixar seleção inglesa

Dois dias depois de pedir demissão do cargo de treinador da seleção inglesa, o italiano Fabio Capello já decidiu que rumo dará a sua carreira. Nesta sexta-feira, o técnico afirmou que não tem nenhum novo emprego em vista e que planeja "relaxar" antes de voltar a comandar uma equipe.

AE-AP, Agência Estado

10 de fevereiro de 2012 | 12h07

Perguntado se voltaria a trabalhar em algum clube na Itália, em entrevista à agência de notícia ANSA, Capello respondeu: "Não na Itália, absolutamente não. Por enquanto, tudo que eu quero é relaxar".

Capello se demitiu do comando da seleção inglesa na última quarta-feira por não concordar com a posição da Associação de Futebol (FA, na sigla em inglês) de retirar o zagueiro John Terry, que está sendo acusado de racismo, da condição de capitão.

O treinador, no entanto, minimizou a polêmica e disse que deixou o que houve foi um "mal-entendido". "Eu não fugi de nada. Eu saí por causa de um mal-entendido. Estava muito feliz lá, mas há alguns momentos em que você simplesmente decide sair", declarou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleção inglesaFabio Capello

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.