Capez faz novas exigências às torcidas

Líderes das principais torcidas uniformizadas paulistas - Gaviões da Fiel, Mancha Alviverde, TUP, Tricolor Independente e Torcida Jovem - estiveram nesta quarta-feira no gabinete do promotor Fernando Capez e saíram do encontro com uma lista de tarefas.As organizadas terão 40 dias para realizar um recadastramento de seus sócios e fornecer foto, nome e RG de todos ao Ministério Público. Elas também devem preparar um ofício, indicando todos os pontos de saída em bairros e sub-sedes das caravanas, e dizendo quem são os responsáveis por cada área. As orientações serão passadas também às outras torcidas dos times. Os representantes também garantiram que todos os associados envolvidos nos crimes dos últimos dias serão expulsos. ?Eles se mostraram muito indignados com tudo o que aconteceu?, garantiu o promotor.Capez quer que as torcidas não quer apenas desestimular, mas tentar convencer os líderes das organizadas de que as torcidas não devem comparecer aos clássicos quando seus times forem visitantes. ?É uma medida de segurança não para dentro do estádio, mas para o deslocamento das torcidas rivais até ele?, informou. A reunião com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, que pode definir a proibição do uso de camisas do time para os torcedores visitantes e a extinção dos acessórios das organizadas em clássicos, deve acontecer na segunda-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.