Capitães lerão mensagem contra discriminação

Antes dos oito jogos pelas quartas de final da Copa do Mundo, os capitães das seleções lerão mensagens preparadas pela Fifa contra a discriminação no futebol e na sociedade.

AE, Agência Estado

01 de julho de 2010 | 19h09

Além disso, os times posarão junto aos árbitros diante de um cartaz com a mensagem: "Diga NÃO ao racismo".

Segundo a Fifa, as equipes "se unem para emitir uma clara mensagem contra o racismo e qualquer outra forma de discriminação".

Na decisão da Copa das Confederações de 2009, o capitão brasileiro, Lúcio, e o dos Estados Unidos, Carlos Bocanegra, também leram ao público mensagens contra o racismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.