Capitão critica atuação da Portuguesa

O volante Capitão não poupou críticas à atuação da equipe da Portuguesa no empate por 2 a 2 contra a Portuguesa Santista, quarta-feira, em Santos, na estréia do Campeonato Paulista. "Sofremos dois gols bobos", lamentou o jogador. "Ganhávamos por 2 a 0 e não soubemos segurar a vantagem. Isso não poderia ter acontecido."A Lusa aproveitou as chances no primeiro tempo e surpreendeu o adversário, com gols do centroavante Lucas, de cabeça, e do lateral-direito Marquinhos. Mas falhou na marcação e permitiu o empate - o primeiro, de cabeça, assinalado por Valdir e o segundo, em jogada individual de Nando. "Erramos demais. Quando se está na frente do marcador, principalmente jogando fora de casa, não se pode bobear", disse Capitão.Marquinhos, melhor jogador da Lusa em campo, aproveitou os espaços deixados pela Santista no setor direito durante a primeira etapa. "Mas no segundo tempo, eles melhoraram a marcação e não consegui aparecer tanto", afirmou. "Nosso forte é o lado direito, com o Marquinhos e o Paulo Isidoro. Com o passar dos jogos, podemos melhorar de produção também pela esquerda", revelou o técnico Dario Pereyra.Para enfrentar o São Paulo, neste sábado, no estádio do Canindé, o treinador espera poder contar com o meia Luciano Souza e o atacante Agnaldo, que não atuaram diante da Santista por problemas de documentação. Os dois treinaram durante a semana e estavam escalados para começar o jogo, mas na última hora a comissão técnica foi notificada que a CBF ainda não havia inscrito os atletas no campeonato. Com isso, Itaparica e Lucas, titulares na estréia, devem perder o lugar na equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.