Capitão da Austrália acha que equipe pode vencer o Brasil

O capitão da seleção da Austrália, o atacante Mark Viduka, acredita que sua equipe ganhou confiança suficiente com a vitória diante do Japão para poder conseguir um empate ou uma vitória sobre o Brasil. Em entrevista publicada nesta quarta-feira no diário australiano The Daily Telegraph, Viduka afirmou que o triunfo obtido no primeiro jogo "deverá abrir os olhos dos atuais campeões mundiais".Perguntado se a Austrália poderia conseguir "alguma coisa" contra a seleção brasileira, o capitão foi explícito: "Por que não? Tenho certeza que trabalharemos bem a tática e a estratégia que usaremos contra eles e, sinceramente, não existem limites. Os brasileiros devem estar preocupados conosco".Com relação à partida contra a Croácia, que deverá definir o futuro da equipe no Mundial, Viduka afirmou que os laços de parentesco não deverão exercer influência no desempenho das equipes. "Cada jogo é especial. Sei que será contra a Croácia, e que nossa herança poderá influenciar muitas pessoas. Mas nós somos australianos, e queremos ganhar a partida para a Austrália". Vários jogadores da seleção da Oceania são filhos de croatas que emigraram para aquele país.No final da entrevista, o capitão rasgou elogios ao técnico da seleção, o holandês Guus Hiddink. "Foi o exemplo do valor da experiência. Não sei se ele é um mágico, mas as substituições que realizou contra o Japão foram extraordinárias e exatamente o que o time necessitava. É por isso que ele é um dos melhores técnicos do mundo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.