Ozan Koze / AFP
Ozan Koze / AFP

Capitão da Inglaterra nega 'corpo mole' e lamenta derrota para a Bélgica

Com revés, Inglaterra foi para lado considerado mais fraco do mata-mata da Copa do Mundo

Estadão Conteúdo

29 Junho 2018 | 06h02

O meio-campista e capitão da Inglaterra, Eric Dier, descartou qualquer possibilidade de 'corpo mole' de sua seleção na derrota por 1 a 0 para a Bélgica na quinta-feira em Kaliningrado, no duelo que determinou o primeiro e o segundo colocados do Grupo G da Copa do Mundo.

+ Mata-mata da Copa do Mundo terá duelo de campeões mundiais

+ Southgate minimiza 1ª derrota da Inglaterra na Copa e elogia jogadores

"Queríamos ganhar todas as partidas e estamos decepcionados de não ter conseguido isso. Creio que foi um jogo igual, criamos boas chances de gols. Precisávamos ter marcado em uma delas, foi o que faltou", afirmou.

O jogador do Tottenham elogiou a qualidade do time belga, que conseguiu a vitória graças a um dos seus talentos individuais. Aos seis minutos do segundo tempo, Adnan Januzaj invadiu a área pelo lado direito e bateu no ângulo oposto do goleiro.

"A partida foi decidida em uma jogada de grande qualidade. Em todo caso, estamos decepcionados por perder hoje, mas o mais importante é termos avançado à próxima fase", finalizou. A Inglaterra volta a campo na próxima terça-feira, quando enfrentará a Colômbia, em Moscou, pelas oitavas de final.

 

No duelo que definiu a liderança do Grupo G, era esperado um grande jogo entre duas seleções favoritas ao título. Mas o que se viu foi uma partida de dar sono. Com os dois times classificados, os técnicos pouparam seus principais jogadores. Os torcedores demonstraram irritação nas arquibancadas e por diversos momentos vaiaram os atletas.

As equipes entraram em campo sob a desconfiança de terem a intenção de terminar em segundo lugar do grupo. Na teoria, a vice-liderança deixaria em um lado mais tranquilo da chave. De um lado está Brasil, França, Argentina e Uruguai, todas campeãs mundiais. Do outro, havia apenas a Espanha com título na Copa. E agora conta também com a Inglaterra. A Bélgica encara o Japão na segunda-feira. Se passar, pega o vencedor de Brasil x México.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.