Capitão do Cerro Porteño prevê jogo difícil contra o Grêmio

Às vésperas na estréia na Copa Libertadores da América, o meia e capitão do Cerro Porteño, Mingo Salcedo, prevê dificuldades para o jogo contra o Grêmio, em casa, e pediu atenção aos companheiros. O confronto na próxima quinta-feira, às 22h45 (horário de Brasília), em Assunção, será válido pelo Grupo 3 da competição sul-americana."Estrearemos contra o Grêmio, que é um rival muito complicado por tudo que representa. Além do mais, eles levam vantagem por terem disputado várias partidas oficiais e vencido todas [o time de Porto Alegre está invicto no Campeonato Gaúcho ao ganhar todas as seis partidas], enquanto nós ainda não jogamos pelo torneio local. Isso nos obriga a ganhar ritmo ao longo do caminho", analisou Salcedo.O jogador, no entanto, disse que espera conseguir uma vitória na estréia. A equipe paraguaia empatou as primeiras partidas nas duas últimas edições da competição - 0 x 0, em 2006, e 1 x 1 na temporada passada, ambos contra o Palmeiras. "Sempre é importante começar ganhando, principalmente jogando em casa."O técnico do Cerro Porteño, o argentino Gustavo Costas, também elogiou o Grêmio. "É um adversário muito complicado. É a típica equipe brasileira de boa movimentação, habilidade, toques e gols", discursou. "Nós temos que lutar muito em campo para vencê-los. Nossa obrigação é ganhar em casa", acrescentou. Ele não poderá contar com Nelson Cabrera, que está com dengue, e Marco Cárceres, lesionado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.