Geoff Caddick/EFE
Geoff Caddick/EFE

Cardiff surpreende e vence Manchester City por 3 a 2

Com dois gols, atacante Campbell foi um dos grandes destaques do jogo

AE, Agência Estado

25 de agosto de 2013 | 14h17

CARDIFF - O Cardiff protagonizou a maior surpresa da rodada do Campeonato Inglês, neste domingo, ao vencer o Manchester City, um dos favoritos ao título, por 3 a 2, em casa. O time anfitrião chegou a estar liderando o placar por 3 a 1, mas os visitantes diminuíram no fim e quase chegaram ao empate nos acréscimos.

O resultado ofuscou a derrota do Cardiff na estreia, no fim de semana passado. O time, que acabou se voltar para a primeira divisão, contou com festa da torcida nas arquibancadas ao fim da partida. Até o dono do time, o malaio Vincent Tan, festejou a vitória no gramado.

A grande vitória do Cardiff não contou com gols no primeiro tempo. A bola só balançou as redes depois do intervalo. E foi o Manchester quem saiu na frente. Aos 7 minutos, Dzeko ajeitou a bola fora da área e acertou belo chute: 1 a 0.

A virada dos anfitriões veio com gols de Gunnarsson, que aproveitou rebote dentro da área e empatou o jogo, aos 15, e Campbell. O atacante marcou duas vezes de cabeça e decretou a vitória do Cardiff. Nos acréscimos, Negredo também usou a cabeça para descontar para o Manchester.

Em Londres, o Tottenham venceu mais uma ao superar o Swansea City por 1 a 0, diante de sua torcida. Desta vez, Paulinho não balançou as redes. Mas foi o responsável pelas principais chances de gol da equipe anfitriã. Jogando mais avançado, como um meia, o brasileiro perdeu pelo menos três boas oportunidades.

O gol da vitória foi marcado pelo espanhol Soldado aos 12 minutos da segunda etapa. Em cobrança de pênalti duvidoso, o atacante bateu firme para as redes e garantiu a segunda vitória do Tottenham, que soma agora seis pontos e se mantém na briga pelas primeiras posições da tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.