Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille acerta saída do Al-Wehda e aguarda pagamento do Corinthians

Alvinegro deve fazer o depósito da multa rescisória de R$ 2,5 milhões nesta segunda-feira

João Prata, O Estado de S.Paulo

03 Dezembro 2018 | 10h02

O técnico Fábio Carille já acertou sua saída do Al-Wehda, da Arábia Saudita. Ele e sua comissão técnica estão com as malas prontas, esperando somente o Corinthians pagar a multa rescisória de US$ 700 mil (cerca de R$ 2,5 milhões) para voltarem ao Brasil.

A diretoria do clube paulista deve fazer o depósito nesta segunda-feira e, assim que estiver tudo certo, comunicarão a saída do técnico Jair Ventura. A negociação com Carille começou no encontro que o presidente Andrés Sanchez teve com o empresário do treinador Paulo Pitombeira, em Londres, há duas semanas.

Avançou na última quinta-feira em novo encontro entre os dois, que formalizaram o contrato. Além de Carille virá toda a comissão técnica que deixou o Corinthians junto com o treinador em maio: o preparador de goleiros Mauri Lima, o preparador físico Walmir Cruz, o observador técnico Mauro da Silva, além do auxiliar técnico Leandro da Silva.

O Corinthians ainda não fala abertamente sobre a mudança de treinador. No domingo, após a derrota para o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre, o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves disse que haveria uma reunião para definir o futuro do time: "Vamos sentar esta semana com o presidente e fazer uma análise do semestre do Corinthians", disse Duílio. "A gente sabe que o Corinthians deixou muito a desejar, foi muito abaixo do que tem de fazer."

Jair deve deixar o Corinthians com aproveitamento de time rebaixado, de apenas 31,6%. Em 19 partidas, venceu apenas quatro, com seis empates e nove derrotas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.