Nelson Almeida/AP
Nelson Almeida/AP

Carille admite falta de concentração, mas destaca 'vantagem importante'

Corinthians fez 2 a 0 no Montevideo Wanderers, mas poderia ter feito um placar ainda maior

João Prata, O Estado de S.Paulo

26 de julho de 2019 | 00h22

O técnico Fábio Carille admitiu na entrevista coletiva que faltou atenção ao Corinthians na vitória por 2 a 0 sobre o Montevideo Wanderers nesta quinta-feira, na arena em Itaquera, no duelo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para o treinador, o time relaxou depois de ter feito o primeiro gol. "A gente desconcentrou depois que abriu o placar. Tivemos erros que não podem ter. Foram mais erros de passes simples. Até a hora de fazer o gol. Foi um pouco de falta de concentração de achar que poderia fazer o gol a qualquer hora. Chamei a atenção para que não ocorra erros desnecessários", afirmou.

Apesar da displicência em alguns lances, a vantagem é boa para a partida de volta. O time alvinegro pode perder por um gol de diferença no próximo dia primeiro que avança na competição. Vale lembrar que na sul-americana há a regra do gol fora de casa. Portanto, se o Corinthians fizer um gol lá, o Wanderers terá que vencer por três gols de diferença.

"Vantagem importante. Não levar gol em casa em uma competição como esta é muito importante. Primeiro tempo achei que criamos oportunidades para fazer mais gols. Mas não dá para ir com muita calma pra o jogo de lá. Temos de ir concentrados", opinou o treinador.

O Corinthians agora volta as atenções para o Campeonato Brasileiro. No domingo, às 19h, o time visita o Fortaleza pela 12ª rodada do torneio nacional. 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansCopa Sul-americanafutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.