Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians

Carille admite que Corinthians precisa melhorar muito para o Paulistão

Técnico destaca que evolução será de forma gradual

O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2017 | 12h46

A sofrida vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre a Ferroviária, definida apenas nos acréscimos do segundo tempo do amistoso da última quarta-feira, realizada no Itaquerão, mostrou que o time ainda tem um caminho a percorrer para ser efetivamente competitivo. Foi o que reconheceu o técnico Fabio Carille. Mas ele também destacou que a evolução será de forma gradual.

"Tem de melhorar muito, mas pela fase de preparação, com 20 dias de trabalho, a expectativa está maior do que a gente esperava. Foi muito bom, estou satisfeito com esse período. O trabalho está sendo muito legal, e a resposta vai ser positiva o quanto antes", disse.

Um dos problemas detectados por Carille foi a dificuldade para transformar as chances criadas em gol. Na noite de quarta-feira, Guilherme, Jô e Romero perderam oportunidades. E o gol da vitória saiu dos pés de Marquinhos Gabriel.

"A gente sempre quer melhorar, desde o ano passado criamos bastante, mas não conseguimos concluir. A cada dia vai melhorar. É organizar atrás, sofrer pouco e agora passar para esse processo de chegar com mais qualidade ao ataque", concluiu Carille, que ainda não pôde contar com o recém-contratado Jadson.

Na sua pré-temporada, além do amistoso com a Ferroviária, o Corinthians também participou da Florida Cup. Nos Estados Unidos, goleou o Vasco por 4 a 1 e perdeu para o São Paulo na disputa de pênaltis após empate por 0 a 0. A estreia do time no Campeonato Paulista será no próximo sábado, em Sorocaba, diante do São Bento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.