Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Carille arma Corinthians com Marquinhos Gabriel e Camacho e testa mudanças

Jogadores deverão substituir Gabriel e Romero, suspensos; Léo Príncipe pode ganhar vaga de Fagner

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2017 | 19h02

Cheio de desfalques para encarar o Coritiba na próxima quarta-feira, no Itaquerão, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Fábio Carille armou o Corinthians repleto de mudanças no treino desta quinta. As principais novidades ficaram por conta dos substitutos dos suspensos Gabriel e Romero: Camacho e Marquinhos Gabriel, respectivamente.

+ Walter encaminha acordo para trocar Corinthians por São Paulo

Suspenso pelos gestos obscenos realizados no clássico com o São Paulo, Gabriel deverá mesmo dar lugar a Camacho, que já foi titular no empate diante do Cruzeiro. Já Marquinhos Gabriel largou na frente para ficar com a vaga de Romero. Também suspenso, o lateral Fagner deverá ser substituído por Léo Príncipe. Pelo menos foi isso o que Carille indicou no treinamento.

"O Fábio pôde ver alguns jogadores, formações diferentes, esquema em que ele pode fazer alguma dobra. Às vezes, com um jogo em cima do outro, não há tempo para isso. É importante, vamos precisar muito do nosso banco nessa reta final. Cansaço, lesões, pode acontecer", declarou o volante Maycon após a atividade, celebrando a semana livre para treinos.

O próprio Maycon, porém, chegou a trabalhar entre os reservas nesta quinta. Carille aproveitou o treino para testar algumas mudanças e tirou o volante para armar a equipe de forma mas ofensiva, com Clayson. Neste cenário, Rodriguinho recuou para fazer dupla com Camacho.

Sem Balbuena, que está servindo a seleção paraguaia nas Eliminatórias, Pedro Henrique trabalhou entre os titulares. Já no ataque, Kazim foi novamente o titular na vaga de Jô, que segue afastado por conta de uma contratura na panturrilha esquerda, e chegou a deixar sua marca no treino.

"O Fábio está fazendo testes, todos estão aptos a jogar. Quando as coisas não estão dando certo, é válido testar o elenco. É importante fazer essas trocas e achar alguma forma de surpreender o adversário", considerou Maycon.

O volante concedeu entrevista coletiva ao lado do zagueiro Pedro Henrique, que concordou com o colega e admitiu a necessidade de mudança no Corinthians. "Estamos buscando essa faísca que tínhamos no primeiro turno. E também a questão da finalização, estamos pecando um pouco, o gol não está saindo. A gente vai trabalhar nesse período para dar tudo certo contra o Coritiba."

Mais conteúdo sobre:
Corinthians futebol Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.