Arte/Estadão
Arte/Estadão

Carille comemora semana aberta antes de clássico com o Santos

Após maratona no mês de fevereiro, treinador teve semana livre para treinar antes de pegar o time de Sampaoli

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

03 de março de 2019 | 04h30

Após uma maratona de jogos no mês de fevereiro, quando disputou jogos no Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, o técnico Fabio Carille comemora uma semana livre antes do clássico com o Santos, no dia 10 de março. O Corinthians não terá jogos neste meio de semana. "Teremos uma semana aberta para o clássico. É uma boa oportunidade para treinar todo o elenco", afirmou o treinador.

Na avaliação do treinador, o cansaço pela maratona de jogos foi a principal razão da atuação ruim do Corinthians no empate por 1 a 1 diante do São Bento, em Sorocaba, neste sábado. Depois de abrir o placar com Clayson, o time foi pressionado e quase tomou a virada do lanterna do Campeonato Paulista.

"Foram 13 jogos em 28 dias, com viagens em cima. Com pouco treinamento e mais na base da conversa. Então foi um período de muito aprendizado, de bastante sacrifício de todos. Principalmente dos atletas", disse o treinador. "É mais na base da conversa do que qualquer coisa. Saio satisfeito pelo resultado não só hoje como os que vêm acontecendo", disse o treinador.

O Corinthians já venceu dois clássicos no Campeonato Paulista. Triunfou sobre o Palmeiras por 1 a 0, no Allianz Parque, e derrotou o São Paulo por 2 a 1 na Arena Corinthians. Para o jogo com o Santos, Carille deve a volta de Jadson, que se recupera de dores no joelho direito e participou de dois treinamentos na semana passada. A partida também pode marcar a estreia do meia Régis, reforço que chegou do Bahia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.