Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Carille confirma Santos com Zanocelo no meio e Balieiro na zaga para clássico com o São Paulo

Treinador busca sua primeira vitória no comando técnico da equipe alvinegra

Redação, Estadão Conteúdo

06 de outubro de 2021 | 21h03

Sem fazer qualquer mistério, o técnico Fábio Carille confirmou nesta quarta-feira a escalação do Santos para o clássico com o São Paulo, quinta-feira, no Morumbi, pela 24ª rodada do Brasileirão. Vinícius Zanocelo será titular no meio-campo, enquanto Vinícius Balieiro será mais uma vez improvisado numa zaga de três integrantes.

Preocupado com a falta de gols no Santos, Carille vai manter a equipe no esquema 3-5-2, na tentativa de reforçar o setor ofensivo com os alas. Balieiro vai compor a defesa com Velázquez e Wagner, enquanto Marcos Guilherme e Felipe Jonatan terão liberdade de apoiar o ataque. O Santos anotou apenas um gol em seus últimos sete jogos, por diferentes competições.

Para o treinador, uma das razões deste baixo rendimento do ataque se deve à falhas na armação. Para tanto, ele vai dar chance a Zanocelo para atuar pela primeira vez como titular. "Fico feliz e espero agarrar essa oportunidade. Não dá para dizer que fui pego de surpresa, pois todos do grupo trabalham bastante para estar pronto quando o professor precisar. Agora espero ajudar meus companheiros o máximo possível para a gente conseguir essa vitória", comentou o jogador.

Diego Tardelli treinou normalmente ao longo da semana e chegou a ser testado entre os titulares. Mas começará no banco nesta quinta. O ataque santista terá Marinho e Léo Baptistão. A escalação completa tem João Paulo; Vinícius Balieiro, Emiliano Velázquez e Wagner; Marcos Guilherme, Camacho, Vinícius Zanocelo, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan; Marinho e Léo Baptistão.

Na beira da zona de rebaixamento, figurando no 16º lugar, o Santos encara o clássico como decisivo para sua sequência no Brasileirão. "No atual momento do campeonato, nós temos que encarar todos os jogos como cruciais. E não será diferente contra o São Paulo. Todas as partidas serão 'finais' para nós. Não estamos satisfeitos com essa situação e estamos trabalhando demais para reverter isso o mais rápido possível", disse Zanocelo.

HOMENAGEM

Marinho foi homenageado antes do início do treino desta quarta pela diretoria do Santos. O atacante recebeu uma camisa comemorativa em referência aos 100 jogos pela equipe, marca que atingiu na rodada passada, contra o Ceará. A homenagem teve a participação de Carille, do ídolo Pepe e do executivo de futebol André Mazzuco.

"Na verdade, eu queria que a gente estivesse em momento positivo para poder comemorar esse feito, ainda mais com o Seo Pepe aqui do nosso lado. É um cara que tem uma história gigante no clube e eu admiro demais. É uma honra receber essa camisa e a placa das mãos dele", afirmou o atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.