Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

Carille dá apoio e diz que vai recuperar Giovanni Augusto no Corinthians

Técnico mostra apoio ao meia, que sofreu entorse no tornozelo contra o Internacional

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2017 | 07h01

O empate entre Corinthians e Internacional na quarta-feira marcou o retorno do meia Giovanni Augusto ao time, após quase um mês de ausência. A volta do jogador não foi nada positiva. Além de ter perdido uma grande chance, ele ainda sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo e deve ser desfalque por mais um período. Mesmo assim, o técnico Fábio Carille assegura que não vai desistir do meia.

"Eu não vou desistir de jogador nenhum. Daqui a pouco pode aparecer o Guilherme. O Marquinhos (Gabriel) foi bem e o Giovanni entrou bem também, triangulando e iniciando jogadas. Fico satisfeito e vamos recuperar esse atleta. Primeiro, porque ele quer e segundo porque vamos trabalhar bastante", disse o comandante corintiano.

Giovanni entrou aos 19 minutos do segundo tempo, no lugar de Marquinhos Gabriel. Aos 30, recebeu passe, saiu na cara do gol e acabou chutando em cima do goleiro Marcelo Lomba. Seis minutos depois, após se chocar com o volante Rodrigo Dourado, ele acabou sendo substituído por Léo Jabá.

O meia esteve envolvido em uma negociação com o Internacional recentemente. Ele iria para o clube gaúcho, em troca pelo meio Valdivia, mas Giovanni não quis deixar o Corinthians. A situação fez com que as diretorias dos dois clubes trocassem farpas públicas, já que um disse que o outro o procurou para fazer negócio.

Enquanto deve ficar mais um período sem contar com Giovanni Augusto, que deve passar por exames mais detalhados na sexta-feira, o técnico Fábio Carille confirma os retornos de Jadson e Jô. Ambos foram poupados da partida desta quarta-feira, algo que fez com que o treinador fosse alvo de críticas por parte da torcida e imprensa. 

"Quero deixar bem claro que não foi risco, o risco seria colocar Jô e Jadson para jogarem hoje, porque se queixaram de dores e cansaço na segunda-feira. Jogadores desse tamanho você não tira por tirar, tira para descansar. Foi a melhor decisão e os dois estão garantidos no jogo deste domingo", avisou o treinador.

O Corinthians volta para São Paulo no começo da tarde e retorna aos treinamentos na manhã desta sexta-feira, no CT Joaquim Grava. No domingo, o time visita o São Paulo no Morumbi, às 19h, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Paulista. 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.