Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille defende Jadson no Corinthians: 'Pode decidir em uma bola'

Meia é mantido no time titular para enfrentar a Ponte Preta

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2017 | 15h26

O técnico Fábio Carille confirmou a escalação do Corinthians para enfrentar a Ponte Preta, domingo, às 17 horas, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro, com as voltas de Pablo e Romero e também com a manutenção de Jadson, que vem sendo bastante criticado pelas más atuações nas últimas rodadas. O treinador demonstrou ter total confiança no trabalho do meia e ainda o vê como um jogador que pode decidir uma partida.

+ Carille admite momento ruim do Corinthians, mas ressalta vantagem excelente

"Sei do momento do Jadson, mas ele pode decidir uma bola, achar uma bola. Tenho que acreditar, mas quem resolve o jogo não são 11, são 14", disse o treinador, ressaltando a importância de contar também com o banco de reservas. "Quantas vezes o Clayson saiu do banco e fez gols? Quantas vezes o Marquinhos também fez? Quantas vezes eu tirei um volante marcador para colocar o Camacho? Uso os jogadores de acordo com a necessidade do jogo", explicou.

Carille nega que Jadson e Rodriguinho, também questionado, tenham problemas físicos, como chegou a ser especulado. O treinador ainda divide a responsabilidade pela má fase dos meias. "Não tem problema físico de qualquer um. A queda de rendimento é do time. Para um meia jogar a bola tem que chegar em melhor qualidade e eles precisam receber a bola em condição melhor para definir e armar, então é um conjunto. Podemos ser melhores na construção, na bola dos zagueiros, laterais e volantes", comentou.

+ Fifa reconhece títulos mundiais de clubes a partir de 1960

Em relação ao restante do time, Pablo é a principal novidade. Ele volta após se recuperar de uma lesão muscular na coxa esquerda e atuará ao lado de Balbuena. "O Pedro (Henrique) deu uma resposta muito boa, foi bem em todas as vezes que entrou, mas com Pablo você ganha imposição física muito grande e experiência. Ganhamos nesse momento um jogador experiente para a função", afirmou Carille.

Na partida contra o Botafogo, na rodada anterior, Marquinhos Gabriel foi titular no lugar de Romero. O treinador decidiu recolocar o paraguaio no time. Assim, ele terá sua escalação ideal, que é formada por: Cássio; Fagner, Pablo, Balbuena e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.